Imposto de Renda

Devo declarar meu FGTS no Imposto de Renda?

Devo declarar meu FGTS no Imposto de Renda?

Durante o período estabelecido para declarar o Imposto de Renda, estão surgindo muitas dúvidas entre os contribuintes. Uma das questões é se o contribuinte deve declarar o FGTS ou não. Neste artigo, trouxemos a resposta para esta pergunta.

 

Quem deve informar o FGTS na declaração do Imposto de Renda

A verdade é que só o fato de ter recebido o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço não é motivo suficiente para incluí-lo na sua declaração. Por outro lado, quem fez uso do FGTS sim deve se atentar a incluir esses valores na declaração do Imposto de Renda.

 

Ou seja, beneficiários que realizaram o Saque Aniversário ou Extraordinário, aproveitaram o saldo para dar entrada em uma residência própria ou utilizaram o FGTS de algum outro jeito, devem informar isso à Receita Federal.

A confusão e dúvida provavelmente esteja relacionada com que os valores recebidos pelos trabalhadores em virtude do Fundo de Garantia na verdade estão isentos de impostos. No entanto, isso não quer dizer que não precisam ser informados.

 

Como declarar o FGTS 

Se no seu caso particular será preciso informar os valores acessados provenientes do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, acompanhe o passo a passo:

  • Em primeiro lugar, clique em “Novo”;

  • A seguir, escolha a opção “Tipo do Rendimento” pelo código 04;

  • Depois é hora de informar quem foi beneficiário, (titular ou dependente) junto com o CNPJ da Caixa Econômica Federal;

  • Antes de finalizar, digite o valor total do saque realizado no ano passado;

  • Por fim, finalize a operação clicando em “OK”.

Esperamos que tenha ficado claro que deve incluir o FGTS na sua declaração do Imposto de Renda e como fazer isso. Se ainda está com dúvidas sobre o assunto, indicamos a leitura do artigo Como fazer a declaração pré-preenchida do IR 2023.

 

 

 

Referências:

Como declarar FGTS no Imposto de Renda? Confira (msn.com)